Rádio NV 99

Empresária atingida na cabeça por coqueiro era mãe de menina e tinha comércio com marido em Porto de Pedras, AL

Lívia Loise Moura Barbosa, a Livinha, de 35 anos, sofreu traumatismo crânio encefálico. Empresária Lívia Loise, de Porto de Pedras, AL, morreu após ser atingida na cabeça por coqueiro

Arquivo pessoal

A morte da empresária Lívia Loise Moura Barbosa, atingida na cabeça por um coqueiro que caiu quando ela desceu do carro para desobstruir a pista na terça-feira (18), causou comoção em Porto de Pedras, no litoral de Alagoas, onde ela morava e mantinha um negócio no ramo de alimentos e bebidas com o marido.

Em Porto de Pedras, a empresária era mais conhecida como Livinha. Ela tinha 35 anos e era mãe de uma menina de 5 anos.

O coqueiro caiu na cabeça de Lívia Loise na terça-feira (18) quando ela voltava de carro de um povoado em Porto de Pedras. Ela deu entrada no Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo, com traumatismo crânio encefálico (TCE), e morreu na madrugada de quarta (19).

A Prefeitura de Porto de Pedras lamentou a morte da moradora e empresária local."Expressamos as nossas mais sinceras condolências à famílias e amigos, desejando que encontrem conforto para superar essa perda irreparável".

Veja os vídeos mais recentes do g1 AL

Confira outras notícias da região no g1 AL

NOTÍCIAS MAIS LIDAS